Medo de Falar em Público

Procurando tratamento para o medo de falar em público?

medo-falar-publico-02Falar em público é uma habilidade social extremamente necessária. Vários são os contextos nos quais há a necessidade dessa habilidade. Como exemplo, há reuniões, nas quais seria importante emitir um parecer ou opinião sobre determinado assunto, o aniversário de um familiar, no qual se deveria prestar uma homenagem a ele, a apresentação oral de trabalho no contexto acadêmico, dentre outros.
Embora essas situações sejam corriqueiras, algumas pessoas simplesmente não conseguem erguer o braço e pedir o direito de voz na sala de aula ou na reunião do trabalho, e sequer se imaginam numa situação em que palestrariam para a turma da faculdade/pós-graduação. Para essas pessoas, sempre que a necessidade de falar em público ou de, simplesmente, dizerem o próprio nome se aproxima, há um “frio na barriga”, taquicardia, desorganização do pensamento e a esquiva da exposição é certa. Segue-se, então, o sofrimento por não ter sido capaz de realizar uma coisa “tão simples” para outras pessoas. Em função da incapacidade de falar em público, pode-se, inclusive, perder a oportunidade de alcançar uma promoção no trabalho ou o simples reconhecimento da turma ou dos familiares.

Treinamentos de oratória em grupo podem auxiliar muitas pessoas que têm essa dificuldade. Porém, algumas não conseguiriam encarar uma turma mesmo estando cientes de que essa seria composta de pessoas com as mesmas dificuldades.

Nesse sentido, o InPA – Instituto de Psicologia Aplicada, em Brasília – DF,  disponibiliza um programa de tratamento para o medo de falar em público que envolve sessões de psicoterapia nas quais se busca (1) identificar as situações que sugerem do menor ao maior nível de medo/ansiedade e (2) realizar um treinamento no qual a pessoa participa de dramatizações das situações temidas (da menos incômoda para a mais incômoda), o que a prepara para situações reais. Nessas sessões, o psicólogo, que também é palestrante, dá feedback como forma de promover o desenvolvimento de habilidades necessárias à apresentação desinibida.

Esse programa de tratamento para o medo de falar em público preza pela objetividade e pela necessidade de rapidez na obtenção de resultados positivos. Em média, o tratamento dura oito sessões.

NEWSLETTER