Transtorno de Personalidade Narcisista

Transtorno de Personalidade Narcisista

O que é Transtorno de Personalidade Narcisista ?

Narcisismo ou Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) é um transtorno de personalidade catalogado no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V). Ele consiste em extremos desvios da forma que a pessoa pensa, percebe, sente e se relaciona com os outros. Ademais, o narcisismo é caracterizado por um padrão generalizado de grandiosidade, ânsia por admiração e falta de empatia. A pessoa com narcisismo tem sentimentos de autoimportância muitas vezes exagerados, além de pensar muito em alcançar poder e sucesso, ou pensar sobre sua aparência.

É estimado que apenas 0,5% da população tenha Transtorno de Personalidade Narcisista. Além disso, é um transtorno mais comum em homens do que em mulheres. Normalmente, o narcisismo começa a se desenvolver na adolescência. É preciso lembrar que é comum crianças e adolescentes apresentarem alguns sintomas do transtorno, mas eles podem ser apenas transitórios, não atendendo os critérios diagnósticos.

Em relacionamentos amorosos, familiares ou entre amigos, os narcisistas tendem a se centralizar, querendo atenção total.

As pessoas com Transtorno de Personalidade Narcisista não estão isentas de sofrer com comorbidades. Algumas das comorbidades que os narcisistas podem ter são:

Sintomas e características do TNP

Primeiramente, é possível observar que pessoas com narcisismo tendem a ser muito sensíveis quando recebem críticas ou sofrem derrotas. Isso pode desencadear uma série de reações, desde o sentimento de humilhação até contra-ataques agressivos. Dessa maneira, a pessoa narcisista acaba se afastando do meio social, ou tenta parecer humilde com o intuito de esconder a grandiosidade.

O DSM-V listou os sintomas do Transtorno de Personalidade Narcisista. São eles:

  • Grandiosidade com expectativas de um tratamento superior que aos demais.
  • Fixação por poder, sucesso, inteligência, atratividade, etc.
  • Autopercepção de ser único e superior, além de estar associado a pessoas ou empresas de alto padrão.
  • Constante necessidade de admiração.
  • Exploração e aproveitamento dos outros em benefício próprio.
  • Falta de interesse nos sentimentos, nos desejos ou nas necessidades dos outros.
  • Inveja intensa e crença de que os outros sentem inveja.
  • Atitude arrogante e pomposa.

Ademais, a pessoa com narcisismo pode ser controladora, intolerante e culpar os outros por tudo. Ela pode, também, não tolerar contratempos, ser ambiciosa e muitas vezes degradar a imagem dos outros.

Por fim, o DSM-V adverte que muitas pessoas bem sucedidas podem ter traços de Transtorno de Personalidade Narcisista. No entanto, o manual ainda diz que “somente quando esses traços são inflexíveis, mal-adaptados, persistentes e causam comprometimento funcional significativo ou distúrbio subjetivo” é podemos considerar a pessoa narcisista.

Causas do narcisismo

Como muitos transtornos, as causas do narcisismo ainda são desconhecidas. No entanto, muitos pesquisadores já apontam alguns fatores que podem desencadear o Transtorno de Personalidade Narcisista. Eles são:

Genética

Existem estudos que apontam que o narcisismo é hereditário. Quando a pessoa tem em seu histórico familiar alguém com esse transtorno, ela está mais propensa a desenvolvê-lo. Ademais, alguns estudos envolvendo gêmeos apontam que há uma herdabilidade de moderada a alta para o transtorno.

Ambiente

Fatores sociais e ambientais também podem ter influência no desenvolvimento do Transtorno de Personalidade Narcisista. Em algumas pessoas, a falta de afeto e de apego dos pais ou cuidadores tem um impacto significativo no desenvolvimento do TPN. A criança acredita que é insignificante e que tem algum defeito. Por outro lado, pais muito permissivos, indulgentes, bem como os insensíveis e muito controladores, podem colaborar para o desenvolvimento de narcisismo depois.

Uma pesquisa apontou vários fatores ambientais e sociais que podem promover o Transtorno de Personalidade Narcisista:

  •  Temperamento supersensível desde a primeira infância.
  • Admiração excessiva, nunca equilibrada com a realidade.
  • Elogios excessivos por bom comportamento, ou muitas críticas por maus comportamentos na infância.
  • Super indulgência ou sobre avaliação dos familiares e dos colegas.
  • Elogios por aparências ou habilidades excepcionais percebidas pelos adultos.
  • Grave abuso emocional quando na infância.
  • Cuidados imprevisíveis e/ou pouco confiáveis dos pais ou cuidadores.
  • Aprendizado de comportamentos de caráter manipulador pelos pais, responsáveis ou colegas.
  • Estima pelos pais ou responsáveis como uma forma de regular a sua própria autoestima.

Tratamento

Normalmente, quando as pessoas com narcisismo vão procurar tratamento, não é para tratar esse transtorno. Muitas vezes elas vão tratar das comorbidades que o TPN pode causar. Isso se deve porque os narcisistas não conseguem reconhecer os seus defeitos.

Para o tratamento do Transtorno de Personalidade Narcisista não existe nenhuma recomendação farmacológica específica. Os medicamentos são utilizados para tratar as comorbidades, quando existentes.

Uma forma de tratamento muito recomendada é a psicoterapia. Através dela, o narcisista vai identificar os pontos que o seu transtorno prejudica a sua vida, além de focar nos conflitos. 

Por fim, a pessoa com narcisismo precisa ter um acompanhamento psicológico e psiquiátrico constante, além de ser recomendável que ela participe de grupos de apoio.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil

Share

Comente!





× Quer agendar a sua consulta?