Casamento, trabalho diário árduo

Há quem acredite que relacionamento a dois é algo que deve se pautar por equação matemática que resulte em número positivo. Há alguns problemas nessa crença, somos limitados quando o assunto é analisar todo o histórico e presente do relacionamento e tendemos a nos lembrar mais de eventos negativos.

Continuar casado é uma decisão particular que deve levar em consideração a própria história de vida, autoconhecimento, conhecimento do outro, valores, princípios, objetivos futuros e investimento contínuo, mesmo diante do sentimento ruim em relação ao cônjuge.
Não estou sugerindo falsidade, apenas considere o que você quer para a sua vida, procure ser coerente com a sua escolha, independe das suas momentâneas emoções.

Por Fábio Caló, psicólogo.

Share

Comente!





× Como posso te ajudar?