Como está o seu tanque de amor?

Em agosto desse ano, publiquei um post que tratava das Cinco Linguagens do Amor, proposta apresentada numa obra de Garry Chapman e que exploro bastante durante o processo de Terapia de Casal. O livro é um achado com orientações importantes sobre como resgatar a qualidade do relacionamento e a conexão que pode ter se perdido ao longo dos anos de convívio. Visitem o post, dia 22 de agosto, curto, mas ilustrador do que é o livro.

Um dos conceitos apresentados por Chapman é o do “Tanque de Amor”. Esse conceito se refere ao quanto nos sentimos abastecidos de amor na relação com o outro, o quanto nos sentimos amados, cuidados, acarinhados, acompanhados, desejados e alvo de investimento.
Lembro que, cada um tem uma linguagem de amor primária, aquela que se recebe como combustível de grande qualidade, gasolina de alta octanagem.

E hoje, como está o seu Tanque de Amor?

Por Fábio Caló, psicólogo.

Share

Comente!