Controle Emocional nas Provas do Vestibular

Mais do que conhecimento teórico, o candidato ao vestibular que deseja ser aprovado precisa se engajar num programa de preparação / controle emocional similar ao treinamento de um desportista de alta performance. Isto é, além da aprendizagem específica para cada matéria das provas que vai realizar, ele precisa buscar o controle emocional nas provas do vestibular, aprendendo a reduzir os níveis elevados de ansiedade que prejudicam o desempenho e o poder de concentração durante essas provas.

No meu consultório, freqüentemente, ouço pessoas que, embora tenham dedicado várias horas de estudo às ciências humanas, ciências exatas, línguas e conhecimentos gerais, não conseguem a tranqüilidade e o poder de concentração necessários à realização de qualquer prova. Cabe ressaltar que, durante o vestibular, a disputa é contra o tempo, a dificuldade em compreender questões muito bem elaboradas por professores doutores e os concorrentes, alguns dos quais tão bem preparados ou mais bem preparados do que você. Diante desse cenário ansiogênico, faço algumas orientações para quem pretende investir em estratégias que aumentam a capacidade de concentração e diminuem o nível da tensão muscular e psicológica, as quais podem fazer a diferença ao ler, com compreensão, uma determinada questão e marcar objetivamente a resposta correta.

1. A ação deve sempre se sobrepor à preocupação. Em outras palavras, durante a sua preparação, não dê espaço para os pensamentos negativos que partem da pergunta “e se eu não passar?”. Além do estudo programado, procure se concentrar em atividades que contribuam para a tranqüilidade diante da prova como a busca de informações sobre a realização das provas com pessoas previamente aprovadas no vestibular e conversas com professores que podem fornecer orientações sobre estratégias para a realização da prova de cada disciplina.

2. Não perca tempo! Busque ajuda profissional de um psicólogo quando perceber que você não consegue se planejar, organizar seus horários de estudo, não se concentra para as leituras ou realização dos exercícios das apostilas ou, até mesmo, se estiver ansioso a ponto de ter momentos de choro ou preocupação excessiva com a aprovação no vestibular.

3. Nos dias do vestibular, ao se sentar na carteira da sala onde realizará as suas provas, procure fazer alguns minutos de respiração compassada, de forma lenta e profunda.

4. Ao abrir os cadernos de prova, concentre-se apenas na leitura das questões, esquecendo outros eventos, tais como os demais candidatos que parecem resolver a prova mais rápido do que você ou o fiscal que não pára olhar na sua direção. Diga a você mesmo “estou aqui para responder às questões das provas e me preparei para isso!”.

5. Caso a complexidade de algumas questões o assuste a ponto de fazer você perder o controle emocional, retome a respiração compassada, lenta e profunda. Feche os olhos e recupere imaginariamente situações agradáveis como um momento de descontração, ou até mesmo lembre-se do momento de um elogio ou uma palavra de incentivo, dita por alguém de sua confiança. Em seguida, insista em dizer a si mesmo que se preparou para as provas e que fará o seu melhor!

* Artigo de minha autoria originalmente publicado no Correio Braziliense no dia 18 de fevereriro de 2008: https://www.inpaonline.com.br/materias/vestibular_cb.pdf.

Share

Comente!