Homens são mais propensos a problemas de memória do que mulheres

108_113-cerebro-homens-inpa

Esta é a conclusão de um estudo publicado na revista Neurology, da Academia Americana de Neurologia. Os autores acompanharam por 3 anos um grupo de 1.450 pessoas do Condado de Olmsted, no estado de Minnesota, com idades entre 70 e 89 anos. Os participantes foram submetidos a testes de memória a cada 15 meses e entrevistados por médicos que também avaliavam esta função cognitiva.  No início da pesquisa, nenhum deles era acometido por qualquer tipo de demência. No decorrer do período de realização do trabalho, 296 pessoas adquiriram Comprometimento Cognitivo Leve, condição que em 88% dos casos evolui para demência.

Os dados encontrados apontam que uma média 72 homens a cada 1000 desenvolvem demência todos anos. Já entre as mulheres, esta média cai para 57 por 1000. O comprometimento Cognitivo Leve com perda/problemas de memória foi mais comum (38 casos a cada 1000 pessoas) do que a doença sem prejuízo às lembranças (15 por 1000), e indivíduos solteiros ou com menor escolaridade apresentaram as maiores taxas.

Com informações: Portal G1.

Share

Comente!