Insônia

Insônia
Transtorno de sono – Insônia.

Você tem dificuldade em pegar no sono? Fica “rolando na cama”, durante horas, sem conseguir dormir? Você acordar no meio da noite e perde completamente o sono? Você tem dificuldade de levantar de manhã? Se você se identificou com algumas das situações acima, é provável que você sofra com insônia. 

O sono é uma necessidade básica do ser humano, assim como comer e beber. Desse modo, uma boa qualidade de sono é uma parte fundamental da saúde e do bem-estar.

O que é a Insônia?

A insônia é um transtorno que afeta o início ou a constância do sono. E, ainda, pode acarretar problemas cognitivos, como  afetar a atenção, a memória e a criatividade.

A insônia é caracterizada por ser o transtorno mais comum entre todos os transtornos de sono. De acordo com a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia. 

Em geral, os indivíduos com esse problema podem ter dificuldade em conseguir dormir ou ter dificuldade em permanecer dormindo durante a noite toda. 

Causas da Insônia

Há condições que podem aumentar a probabilidade das pessoas desenvolverem a insônia. Os principais fatores que desencadeiam o quadro são:

  • A idade avançada, ou seja, a insônia é mais comum em pessoas da terceira idade.
  • O gênero, porque a insônia é mais frequente nas mulheres.
  • O histórico de transtornos, como ansiedade e depressão;

Por conseguinte, os hábitos inadequados podem intensificar a tendência do quadro, tais como:

  • Dormir assistindo televisão ou mexendo no celular.
  • Dormir em horários diferentes e sem linearidade.
  • Usar a cama para realizar diversas atividades, ou seja, comer, estudar, trabalhar, lazer, entre outros.
  • Comer alimentos pesados antes de dormir.
  • Fazer exercícios alguns minutos antes de dormir.
  • Ingerir alimentos ou bebidas estimulantes à noite, tais como café, energético, álcool e chocolate.

Ademais, o estado emocional pode influenciar na qualidade do sono. Dessa forma, o estresse e a ansiedade são os principais agentes que desencadeiam a insônia. Afinal, a ansiedade e o estresse excessivo fazem com que o corpo libere hormônios de adrenalina e de cortisol, que podem manter a mente dispersa.

Por fim, a preocupação com a própria dificuldade em dormir pode, também, afetar o sono da pessoa.  

Sintomas

Os distúrbios do sono interferem no cotidiano do indivíduo, porque afeta o funcionamento das diversas esferas da vida da pessoa, como sociais, acadêmicas, comportamentais e profissionais. 

De acordo com o DSM-V, os principais sintomas de insônia são:

  • Dificuldade em adormecer.
  • Dificuldade em manter o sono.
  • Incapacidade de voltar a dormir.

Assim, a insônia pode causar cansaço, ansiedade, depressão, irritabilidade, e dificuldade de concentração e de memorização. 

Tratamento da Insônia

O tratamento da insônia consiste, primeiramente, na identificação do problema. É fundamental cuidar do corpo e da mente, porque tanto a saúde física quanto a mental podem influenciar na qualidade do sono.

É importante buscar ajuda psicológica e médica quando a insônia persistir, porque o quadro pode estar relacionado com outras patologias. Na Psicologia, a depressão, o transtorno de ansiedade, o transtorno de estresse pós-traumáticos e entre outros podem causar a insônia. 

No entanto, há algumas dicas para construir uma boa qualidade de sono:

  • Eliminar alimentos, bebidas ou medicamentos que podem conter substâncias estimulantes, como a cafeína.
  • Evitar fumar antes de dormir.
  • Evitar cochilos durante o dia.
  • Realizar atividades físicas que ajudam a aliviar a tensão, mas realizá-las durante à tarde e, não, próximo do horário de dormir.
  • Criar um ambiente calmo e aconchegante, como a utilização de música.
  • Tomar um banho quente antes de dormir. 
  • Ter uma alimentação equilibrada.
  • Evitar dormir com fome ou comer alimentos pesados. 
  • Tomar chás, como o de camomila e de cidreira. 
  • Ter horários regulares e fixos para deitar e levantar.
  • Usar a cama apenas para dormir e ter relações sexuais.
  • Deitar com sono e evitar pensar em problemas do cotidiano.

Portanto, procure tratamento adequado e siga as dicas compartilhadas nessa leitura. 

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil

Share

Comente!





× Quer agendar a sua consulta?